Justiça confirma pena de 7 anos de prisão a Menem por contrabando de armas


Ele é acusado de vender armas ilegalmente à Croácia e ao Equador entre 1991 e 1995 e ainda pode recorrer à Corte Suprema. Países receberam 6.500 toneladas de armamento destinadas oficialmente a Panamá e Venezuela.
ARTIGO ORIGINAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *